terça-feira, 17 de julho de 2012


“Fechei os olhos,
você tava aqui.
Abri os olhos,
não tava.
Por um instante
(ou dois),
quis viver de olhos fechados.”

mais um bilhete embriagado, sofia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >