sexta-feira, 13 de julho de 2012


“Não resmungou nem gemeu nem bateu com os pés. Simplesmente engoliu a decepção e optou por um riso calculado - um presente dela para si mesma.”

A Menina que Roubava Livros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >