quarta-feira, 11 de julho de 2012


“Tem algo mais bonito do que ouvir a sua voz baixinha no telefone, com você quase adormecendo, dizendo que me ama? Se existir, o que duvido muito, terão que me provar, pois nunca escutei algo tão bonito. Nunca escutei, conheci, vi, nunca amei alguém tão bonita como você.”

Alexandre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >