segunda-feira, 20 de agosto de 2012


“Eu brigo, mudo do nada, não meço palavras, e tenho um ciúmes possessivo. Mas me perdoe, nunca fui boa com isso de demonstrar sentimentos. E acredite que ninguém vai conseguir fazer o bem que você me faz. Então me diga, diga que não vai…”

Bruna Simões

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >