quarta-feira, 22 de agosto de 2012


“Porque apesar da sua cara de brabo, você é tão fácil, tão leve, tão solto, tão tudo que eu sempre quis.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >