segunda-feira, 20 de agosto de 2012


“Sempre fui eu a base de toda a amizade. Fui eu que sempre comecei a conversa, fui eu que sempre procurei, fui eu que sempre aconselhei, fui eu que sempre me interessei, fui eu que sempre ajudei, fui eu que sempre enxuguei. Fui eu que sofri em dobro, fui eu que morri duas vezes. Fui eu que mantive tudo, na base da paulada, da chicoteada, na base do esforço. Mãos calejadas e suor puro, mas mantive. Fui eu que sempre me esforcei, fui eu que sempre me preocupei em saber se estava tudo bem. Fui eu que sempre corri atrás, de tudo, literalmente. Fui eu que sempre dei bola, e mesmo me decepcionando, sempre perdoava. Fui eu que sempre reergui toda a estrutura, fui eu que sempre me ferrei. Fui eu que levou tiro. Mas uma hora a gente cansa, e eu, definitivamente me cansei. Você sabe meu número, me tem no msn e sabe onde me achar… Se me quiser por perto, que me procure você!”

Alugue Felicidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >