segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

“Eu nunca disse que não sentia, aliás, nunca disse nada. E esse foi o meu erro, ter guardado para mim o que eu tinha vontade de gritar para o mundo inteiro.” (Pedro Pinheiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >