domingo, 9 de dezembro de 2012

“Nenhum ódio ou saudade ou desespero é do tamanho do que eu sinto e que não tem nome. Não sei o nome porque isso que eu sinto agora chegou antes de eu saber o que é. Acabou antes do verbo. Ficou tudo no passado antes de ser qualquer coisa.” (Tati Bernardi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >