terça-feira, 5 de fevereiro de 2013


Não se afobe, não
Que nada é pra já
O amor não tem pressa
Ele pode esperar em silêncio
Num fundo de armário
Na posta-restante
Milênios, milênios
No ar.


(Chico Buarque)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >