quarta-feira, 8 de agosto de 2012


“Quantas vezes que você saiu daqui e eu chorei. Chorei porque estava feliz demais mas você teve que ir.. Chorei porque a saudade era tão forte que esmagava meu peito. Que implorava por teus braços envolta de mim, que gritava alto em silêncio que não aguentava te ver partir.. Quantas vezes segurei o choro que ficou entalado na garganta, daquele que parece um nó que te trava a voz, a respiração e que qualquer movimento te faria desabar em lágrimas? Daquele que te embaça a visão.. Quantas vezes segurei o choro porque sabia que me ver chorar te faria chorar.. Ou simplesmente segurei porque você podia me achar idiota por isso. Por chorar por você. Nunca imaginei que um dia amaria alguém como eu te amo, que iria querer alguém comigo a vida inteira.. Quantas vezes quis ir contigo quando saiu daqui mas não podia. Incontáveis vezes fui dormir contigo no pensamento e sonhei com você. Outras incontáveis vezes não consegui dormir porque você não saia do meu pensamento. E não te falo nada. Não falo nada disso. Não digo nada pra que não ache que sou exagerada. Me controlo. Controlo meu amor e tento esconder a saudade.. Mas de vez em quando quero colocar isso tudo pra fora. Jogar na sua cara o que fez comigo e perguntar o que é que fez pra me deixar assim.. Qual foi a mágica que fez, porque eu não penso em outro alguém. Não como penso em você. Não me imagino sem teu amor e meu amor, quando você diz que sente saudade meu coração pula dentro do meu peito. Bate mais forte, parece que vai sair.. E eu penso: se aquiete, falta pouco pra ele vir nos ver. Falta pouco pra eu te ter como nunca tive. Falta pouco. Quando me diz que eu sou a única que você já amou e vai amar desse jeito eu fico radiante. Não sei por que você não diz isso mais vezes.. Bem, pode ser porque eu nunca te falei isso antes, mas minha felicidade, se fosse medida nesses exatos momentos te mostrariam como eu fico. Acho que não pararia de dizer coisas assim se soubesse como fico. Eu nunca me contento e você sabe. Morro de saudades enquanto você ainda está aqui. Algumas pessoas acham que é exagero mas digo e repito: isso acontece com os melhores corações. Teu sorriso pra mim é o que importa. Te ver triste me entristece e me faz congelar. Odeio te ver preocupado e angustiado e poderia tomar a sua dor pra não te ver chorar. Já falei e repito quantas vezes forem preciso pra te fazer acreditar que meu amor, nosso amor, é pra sempre. E não se abala por nada. E eu só preciso de você 24 horas por dia.”

É que você me deixou assim; Cirandices

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >