domingo, 7 de outubro de 2012

“Provavelmente você quer que eu diga alguma coisa que eu nunca vou dizer. A gente se agarra ao fiozinho de esperança que tem, mas ele sempre arrebenta, no final a gente sempre cai. Desculpa se te deixei cair… Desculpa se eu me segurei em você.” (But, I Like you)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >