sábado, 3 de novembro de 2012

“Uns vão, outros ficam. Aos que foram embora, um simples “adeus”, eu não vou ficar lamentando partidas, não mais. E aos que ficaram, aceita um abraço? E um “obrigado” por acreditar que ainda posso valer a pena, por querer ficar ao meu lado, por gostar de mim e por insistir em uma pessoa que já desistiu dela mesma.” (Marcello Henrique)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >