domingo, 23 de dezembro de 2012

“Me irrita essa gente que precisa de um litro de vodca pra falar verdades e sorrir a toa. Incomoda demais essa felicidade engarrafada, sentimentos espremidos em meio à um liquido destilado e sorrisinhos forçados. Não tô feliz a vida toda, isso todo mundo sabe. Mas não é por isso que estou chorando quando não estou. Não preciso provar nada pra ninguém, no fim das contas só devo satisfações ao que sinto. Sentir menos por proteção é até considerável, mas querer convencer Deus o mundo e você que não sente nada é idiotice. Se eu estou triste não quero ver o mundo, fico em meu quarto, simples. Não saiu atropelando meus sentimentos, pra depois ter que voltar catando eles no caminho. Você pode facilmente por um mini vestido, um batom vermelho e se sentir mulher. Mas do que adianta se seu coração não sabe usar salto alto? Para se erguer e ter poder, é preciso saber ter.” (Juliana Ribeiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >