quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

“Nem tudo é como a gente quer. A verdade é essa e isso é uma dessas questões indescutíveis e a unica coisa que a gente pode fazer é abaixar a cabeça e concordar. Nem tudo é do jeito que a gente planeja. O futuro não será igual você sonha, o passado não muda porque você quer isso, e o presente a unica coisa que está em suas mãos, embora você só seja responsável pelo o que faz, e não pelo o que as pessoas vão ver. Hoje eu queria viajar. Queria sair por ai sem rumo, com uma mochila e três amigos dentro dela. Uma garrafa na mão quando bater sede. Um cigarro na boca quando bater a solidão. Queria que tivesse um futuro bacana logo ali e eu não precisasse fazer nada para alcança-lo. Mas nem tudo é como a gente quer e as vezes bancar de Atlas não é algo tão bom de fazer..” (B. (Procenio) Carregar o mundo nas costas, mesmo que seja o meu, as vezes me dói os joelhos. Alguém em empresta um binoclus? Preciso ver meu futuro, preciso ter a esperança de que alguma coisa boa pode sair disso tudo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >