domingo, 30 de dezembro de 2012

“O amor, quando acaba, parece que ele nunca existiu. Você olha pra pessoa e ela vira uma mosca, assim, na sua frente. Aí você fala “Pô, eu quase me matei por uma porcaria dessa ai.” Sabe? O nosso amor a gente inventa, você se apaixona por uma imagem, não pelo o que a pessoa é mesmo.” (Cazuza)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >