segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

“Tô fugindo de você por um tempo. Não porque eu não ache que não vale a pena ficar, mas é exatamente porque eu acho. Eu nunca quero ficar por muito tempo, entende? E você tá me prendendo de um jeito que não pode ser bom. Nunca é bom precisar de alguém, porque isso sempre dá problema. E de problema eu tô sempre fugindo. Porque, no fundo, eu não aguento nem os meus. Eu tô sempre me vendo ir embora. E eu tô sempre querendo que você peça pra eu ficar pra sempre. Mas você dá um tchauzinho da janela, e jura de pé junto que comigo, você quer que dê certo. E você jura de pé junto que eu não posso te amar. Porque amor estraga tudo. Mas quando se trata da gente, nada atrapalha. Porque a gente se estraga sem fazer nenhum esforço. Eu tô sempre indo embora porque você quer muito que a gente dê certo. E eu só quero ficar. Mas os dois juntos não dá. Não pra gente.” (Cara, você de novo?)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >