quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013


No final, sempre dou risada. E não perco essa minha estranha mania de ter fé na vida.

(Clarissa Corrêa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >