quinta-feira, 26 de julho de 2012


“Sempre gostei de ser verdadeira, mas não sei até onde isso me leva. Não, eu não quero levar vantagem em nada. Só quero a reciprocidade, a sinceridade do outro como recompensa.”

Clarissa Corrêa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >