terça-feira, 13 de novembro de 2012

“Eu pensei que era inteligente o bastante pra entender o que eu estava sentindo. Mas errei. Os sentimentos são confusos, eles mudam conforme um diálogo ou uma frase mal interpretada. As vezes esfria e as vezes parece que nunca existiu.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

// >